DASOL
ABRAVA

Casas da CDHU de São José dos Campos ganham aquecedores solares

Moradores do residencial Santa Luzia, na região sudeste de São José dos Campos, estão experimentando uma novidade nos conjuntos habitacionais populares da cidade: chuveiros aquecidos por energia solar.

Trata-se de um projeto da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) que foi implantado em São José em parceria com a prefeitura. A intenção é reduzir em até 40% o consumo de energia elétrica.

Ao todo, 132 apartamentos de 52 metros quadrados receberam placas para a captação da luz do sol. Os imóveis foram erguidos em blocos de quatro apartamentos cada, que começaram a receber moradores em julho.

A dona de casa Mônica Fátima Mota, 30 anos, e seus dois filhos pequenos aprovaram a novidade. A moradora do conjunto acredita que a economia na conta de energia elétrica beneficiará o orçamento da família. “A água sai bem quente e a gente ainda economiza na conta. Gostei muito da ideia”, afirmou.

Segundo Massuo Kimura, diretor de Obras da Secretaria de Habitação de São José, as células para captação da luz solar serão utilizadas em outros loteamentos populares, em pelo menos mais 650 imóveis que serão construídos na cidade.

“O equipamento é ainda um pouco caro, mas a instalação em casas populares pode baratear o custo. Essa é a meta”, disse Kimura.

Colocados no telhado dos blocos, as placas transformam a luz solar em energia e aquecem a água que passa pelas placas. Um recipiente pode guardar 200 litros de água aquecida, o que dá para até seis banhos diários.

Notícias

  • Famílias de Santo Anastácio recebem mais 102 casas da CDHU

    Programa atende famílias com renda entre um e dez salários mínimos, priorizando as que recebem até três Mais 102 famílias no município de Santo Anastácio, região de Presidente Prudente, receberam as chaves da casa própria. “Estamos entregando 102 casas de dois e três dormitórios, a melhor qualidade, piso de cerâmica, azulejos, um conjunto com toda […]
    | Leia mais |
  • Potencial de fonte heliotérmica é analisado pela indústria cearense

    Para discutir oportunidades da chamada energia heliotérmica em solo cearense, no dia 7 de dezembro de 2015, o Núcleo de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) realizou o evento “Oficina Energia Heliotérmica no Ceará: Oportunidades e Desafios”, em parceria com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável – Deutsche Gesellschaft für […]
    | Leia mais |
  • IPTU: moradores de Ouro Preto ganham descontos se ajudar o meio ambiente

    A Prefeitura de Ouro Preto concede descontos no IPTU a quem colabora com a sustentabilidade ambiental na cidade histórica. Quem faz coleta seletiva de lixo, utiliza energia solar ou aproveita a água de chuva paga menos impostos. O programa foi criado por meio de uma lei municipal denominada “Quem Preserva Paga Menos”. Têm direto a […]
    | Leia mais |
  • Kassab diz que Minha Casa, Minha Vida terá R$ 14 bilhões de recursos em 2016

    Ministério das Cidades terá, em 2016, um volume de recursos estimado em R$ 16 bilhões O ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD), afirmou nesta segunda-feira (25/01) que a pasta tem, para 2016, um volume de recursos estimado em R$ 16 bilhões – aproximadamente R$ 14 bilhões para o programa Minha Casa, Minha Vida e outros […]
    | Leia mais |
Revista Sol Brasil – Novembro/Dezembro de 2015

Conheça a Revista Sol Brasil


Torne-se um Associado
Av. Rio Branco, 1.492 - Campos Elíseos - São Paulo - SP - CEP 01206-001 | Telefone 11-3361-7266 | Fax 11-3361-7160