Apresentação DASOL

 

O DASOL – Departamento Nacional de Aquecimento Solar da ABRAVA representa oficialmente, em todo o Brasil, o setor de aquecimento solar com o objetivo de promover, divulgar, desenvolver a adoção da energia solar térmica. Desde 1992, apóia a formação de uma rede de atuação formada por empresas (fabricantes, revendas, instaladoras, consultorias e projetistas), instituições, universidades, órgãos do governo, ONGs e cidadãos em busca do desenvolvimento sustentável do Brasil através da aplicação e utilização responsável de energia solar térmica. Nossos programas e atividades têm abrangência em todo o Brasil, alguns deles desenvolvidos junto à Eletrobras/Procel e ao Inmetro, e estão acessíveis a todos que de alguma forma utilizam a energia solar térmica de forma eficiente e como solução para geração de energia.

Visão

Ser reconhecido como um dos principais protagonistas para a conscientização e consolidação do uso de aquecimento solar no Brasil, preservando os recursos naturais e o meio ambiente,e ser referência no setor de aquecimento solar, com ampla rede de associados e de parcerias.

Missão

  • Representar os interesses do setor de aquecimento solar brasileiro.
  • Criar melhores práticas no setor.
  • Incentivar a pesquisa e desenvolvimento.
  • Apoiar a formação de políticas públicas e incentivos financeiros.
  • Remover barreiras para o crescimento da tecnologia no Brasil.
  • Atentar às mudanças do mercado para dar suporte aos nossos associados defendendo seus interesses.

Notícias

  • Para zerar déficit habitacional serão necessários R$ 760 bi em dez anos

    As 2 milhões de casas que o programa federal de habitação popular Minha Casa, Minha Vida entregou foram um dos principais fatores que colaboraram para a redução de 8% no déficit habitacional do país entre 2009, ano em que a primeira edição do programa foi lançada, e 2012.
    | Leia mais |
  • Candidatos garantem manutenção do “Minha Casa”

    A relevância do programa Minha Casa, Minha Vida para a economia nacional, para o setor da construção e para as famílias beneficiadas parece ser um ponto de concordância entre o atual governo, que colhe os louros dos resultados positivos; empresários, que se preocupam com os investimentos caso o programa seja interrompido, e a oposição, que garante mantê-lo e aprimorá-lo se eleita.
    | Leia mais |
  • Estado não cumpre lei que garante política de incentivo ao aproveitamento de energia solar na Paraíba

    A proposta também viabilizaria o uso de energia solar integra uma lei, aprovada em 2009, que sugere a instalação de sistemas de aquecimento de água por energia solar nos estabelecimentos comerciais, presídios, escolas, hospitais, entre outras estruturas localizadas na cidade que utilizam água aquecida.
    | Leia mais |
  • Imóveis sustentáveis podem ter IPTU até 10% mais barato

    Bahia - A partir de 2015, os imóveis construídos em Salvador com equipamentos ambientalmente sustentáveis, como aproveitadores da água da chuva e geradores de energia solar, poderão habilitar os seus proprietários a pagar o IPTU com um desconto de até 10%.
    | Leia mais |
Revista Sol Brasil – Setembro/Outubro de 2014

Conheça a Revista Sol Brasil


Torne-se um Associado